sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Montanhas RN: Transição de governo no município já deu inicio


001
Fotos/crédito:  Equipe de Transição do Prefeito atual
Com atraso, mas não poderemos deixar de passar por despercebido umas das noticias que posa interessar aos nossos leitores Montanhense. Na ultima quarta fera (30) deu-se inicio as transições de governo municipal de Montanhas RN, aonde se reuniram a equipe do atual prefeito e o prefeito eleito.
Essa transição tem como o proposito passar todas as informações necessárias para que a próxima gestão possa seguir com os deveres e princípios legais a partir de janeiro do próximo ano.
Então, fica registrado que nunca na história de Montanhas tinha acontecia isto e provou que a democracia e o respeito politico dentro de nossa cidade se torne cada vez mais forte e presente.
As equipes de transições se reuniram no prédio da prefeitura municipal, na ocasião, o prefeito constituinte e o prefeito eleito não marcaram presença, tendo em vista que, só participaram aqueles que foram indicados para oeste momento. Assim como Montanhas, outras cidades também estão no mesmo proposito.

002
Fotos/crédito:  Equipe de Transição do Prefeito atual
004
Fotos/crédito:  Equipe de Transição do Prefeito atual


sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Bandidos explodiram agencia de Bradesco na madrugada deste sábado(25) em Bom Jesus-RN


Segundo o Blog 100% Bom Jesus, por volta das 2:00 horas da madrugada desta sexta feira(25), bandidos fortemente armado explodiram a agencia do Bradesco na cidade de Bom Jesus.
Foram ouvidos pelo menos 3 explosões e muito tiros de metralhadores.
Mediante a um caos na segurança do nosso estado, a sensação de insegurança nos interiores aumenta cada vez mais. 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Prefeito eleito de Caiçara do Rio do Vento está com problemas na prestação de contas


Blog do Xerife - O prefeito eleito de Caiçara do Rio do Vento, Felipe Muller, (PMDB), está com problemas na prestação de contas da sua campanha. Ele terá um prazo de três dias suprir omissões/inconsistências apontadas no parecer do TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

O cartório da 17ª Zona Eleitoral também intimou os vereadores eleitos Bruna Sibele de Lima Freitas (PSD), Conceição de Maria Fernandes Soares (Coinha, do PSD), Erasmo Carlos Scapin (SDD), Flavio Aciole Pereira (PMDB), Francisco Kerginaldo de Oliveira (PMDB), Joelma Vilma De Andrada (Joelma de Miguel, do PSD), Jose Eudes Pereira (PMDB) e Teresa Cristina de Andrade Pereira (PP) também por inconsistências nas contas.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Acidente na rodovia entre Nova Cruz e Montanhas, RN deixa um jovem morto


Um Jovem natural de Nova Cruz, RN, morreu após bater com a moto que ele pilotava na traseira de uma caçamba. O acidente foi por volta das 19:00hrs desta quarta-feira (15) na RN 269 entre Nova Cruz e Montanhas, no Agreste do Rio Grande do Norte.
A vitima conhecida por Rodrigo não resistiu aos ferimentos provocado pelo impacto da batida e veio a óbito.
Por Felipe Silva

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Trump promete deportação imediata de imigrantes


Donald Trump cumprirá com sua promessa de deportar milhões de imigrantes sem documentos dos Estados Unidos, afirmou o presidente eleito em uma entrevista que será transmitida neste domingo (13) no programa “60 Minutes” da rede “CBS”. Segundo Trump, até 3 milhões de pessoas serão deportadas depois que ele assumir o cargo.

“O que iremos fazer é pegar essa gente que é criminosa e tem fichas criminais, membros de gangues, traficantes, que totalizam 2, talvez 3 milhões. E vamos tirá-los do país ou fazer com que sejam presos”, declarou Trump em um trecho veiculado da entrevista à “CBS”.

Em outro trecho, o presidente eleito dos EUA afirma que “depois que a fronteira estiver segura”, oficiais da imigração irão fazer uma determinação sobre as pessoas que são “fantásticas”.

11 milhões de imigrantes ilegais
Durante a campanha à presidência dos EUA, Trump prometeu banir os muçulmanos e expulsar todos os imigrantes ilegais que já estão nos EUA, cerca de 11 milhões de pessoas, afirmando que aqueles que comprovarem ser “boas pessoas” serão aceitos de volta de forma legal. Ele também defendeu a construção de um muro na fronteira com o México para impedir a entrada de imigrantes nos EUA. No dia em que apresentou sua candidatura, ele disse:

“Quando o México manda gente para os EUA, eles não estão mandando os melhores… Eles estão mandando pessoas que têm muitos problemas e estão trazendo esses problemas para nós. Eles estão trazendo drogas, estão trazendo crime, estão trazendo estupradores, e, alguns, presumo, são boas pessoas”.

Outras propostas feitas pelo republicano foram o fim do “Obamacare” (programa de saúde criado por Obama), o aumento dos impostos de empresas que deixarem o país e a ampliação dos poderes dos donos de armas que querem se defender

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Em crise, governo do RN não tem recursos para pagar 13º de servidores


Resultado de imagem para não temdecimo terceiro
O governo do Rio Grande do Norte não tem recursos para pagar o 13º dos servidores este ano. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan). Além disso, o estado cortou investimentos, deixou de pagar fornecedores e vem pagando os salários de forma escalonada. Diante da situação, o governo avalia a possibilidade de decretar calamidade pela situação econômica. "Essa é uma matéria que vem sendo objeto de estudo de todos os governos da região Nordeste", informou a Seplan.

m nota emitida na manhã desta sexta-feira (11), o governo do Estado diz que tem se empenhado para pagar o funcionalismo. "O Governo tem empenhado todos os esforços para reduzir os efeitos da crise econômica do país no Rio Grande do Norte e conseguir os recursos necessários para honrar todos os compromissos assumidos, incluindo o 13º salário dos servidores. O Estado ainda busca, junto à União, o valor correspondente à multa dos recursos da repatriação e, em paralelo, também espera arrecadar aproximadamente R$ 200 milhões com o Programa de Recuperação Fiscal (Refis)".
De acordo com o governo, no Rio Grande do Norte, quase 40% das receitas do Estado têm como fontes transferências federais. De janeiro de 2015 a setembro de 2016, as frustrações de receita chegaram a R$ 980 milhões em comparação ao previsto para os orçamentos dos dois anos. Com a queda nas receitas, o estado reduziu os investimentos. A Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015 estimou, para a rubrica de investimentos, empenhos de R$ 1,8 bilhão. Porém, em virtude da crise econômica, o Estado realizou R$ 425 milhões.

O pagamento de fornecedores também vem sofrendo atrasos por falta de recursos. No dia 1º de novembro o maior hospital público do estado - o Walfredo Gurgel - suspendeu o fornecimento de comida para acompanhantes de pacientes e para servidores. A alimentação passou a ser fornecida somente para os pacientes internados porque a empresa que fornece os alimentos não foi paga e deixou de entregar. A Seplan confirmou que "a obrigatoriedade do repasse do duodécimo e do pagamento da dívida pública em paralelo aos esforços realizados para honrar o compromisso com o funcionalismo levou o governo a atrasar o pagamento de alguns fornecedores". Mas nem os compromisso com o funcionalismo vêm sendo cumpridos.


O pagamento dos salários do mês de setembro só foi concluído no dia 28 de outubro. Para o pagamento do mês de outubro o governo não apresentou nenhum calendário. Não há também qualquer garantia de pagamento do 13º. "Em face da crise econômica, o governo tem encontrado dificuldades para pagar o funcionalismo em dia e tem trabalhado para buscar os recursos necessários para pagar o 13º salário", informou a Secretaria de Planejamento.

Trabalhadores protestam contra PEC do Teto dos Gastos



Servidores públicos e trabalhadores de diversas categorias fazem hoje (11) paralisações em várias cidades do país contra “a retirada de direitos” da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 e outras medidas do governo de Michel Temer. O movimento foi convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) , por outras entidades sindicais e por movimentos sociais.

Conhecida como PEC do Teto dos Gastos, a proposta que tramita no Senado determina que, nos próximos 20 anos, o governo federal só poderá gastar o mesmo valor do ano anterior corrigido pela inflação.

“Em todo o Brasil diversas categorias estão em greve neste momento interrompendo a atividade, os serviços e a produção. Estamos organizando essa greve geral em razão do retrocesso que está sendo imposto pelo governo federal, representado pela PEC 55, que foi aprovada na Câmara como PEC 241, que congela os investimentos em educação, saúde e áreas sociais. Essa e várias outras questões que estão sendo conduzidas pelo governo que são um retrocesso para a classe trabalhadora”, disse o secretário-geral da CUT do Distrito Federal, Rodrigo Rodrigues.

O governo federal alega que a PEC não reduzirá os repasses para educação e que o ajuste fiscal é necessário em um contexto de crise econômica.

Os manifestantes são contrários ainda à reforma da Previdência, que aumenta a idade mínima da aposentadoria para 65 anos, tanto de mulheres quanto de homens, e as reformas tributária e trabalhista. A Medida Provisória de reformulação do ensino médio e a "entrega do petróleo do pré-sal a empresas estrangeiras” também motivou os protestos.

No Distrito Federal, os manifestantes se concentraram em frente ao Ministério da Educação. Segundo Rodrigues, não há intenção de fazer audiências ou negociações com representantes do governo.

“Não há diálogo quando se tem um golpe, não há diálogo com os setores da sociedade. Continuaremos fazendo manifestações até que os retrocessos sejam revertidos”, disse o secretário da CUT-DF.

Fonte: Agencia Brasil EBC
Postagens mais antigas Página inicial